domingo, 16 de julho de 2017

Após condenação de Lula, Marina Silva acelera agenda de candidata para 2018

Poucas horas após a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a 9 anos e seis meses de prisão, a ex-senadora Marina Silva chamou líderes da Rede no Congresso para uma conversa sobre as Eleições de 2018, informa a edição deste domingo (16) da Folha de S. Paulo.
A decisão do juiz Sérgio Moro sobre Lula foi o sinal para Marina acordar e montar, desde já, uma agenda de candidata.
Segundo ela, há um ‘grande vácuo’ na política e a Rede precisa apresentar uma “alternativa aos polos”. Na próxima segunda-feira (17) já participa de encontro com artistas no Rio de Janeiro, em evento organizado pelo ator Marcos Palmeira.

Ex-ministros

Segundo a coluna Painel (Folha de S. Paulo), Marina trabalha para ter a filiação dos ex-ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa e Carlos Ayres Britto, nos quadros do partido. Ambos são vistos como nomes ideais para compor uma chapa com ela em 2018.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . Hidrolândia 24 Horas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger